Partilhar

Ao Ritmo do Harlem

Colson Whitehead

Em Stock



20,45 €

Detalhes do Produto

Sinopse

Ray Carney tem uma história semelhante à de várias outras do seu bairro. É vendedor de mobília, pai de família, homem pacato. Pouca gente sabe que ele descende de uma linhagem de rufiões e que, sob a aparência de normalidade, há várias pontas soltas no seu caminho.

Como o dinheiro nem sempre chega, Ray desenrasca-se com esquemas trapaceiros e biscates pouco recomendáveis, à boleia das atividades ilícitas do primo Freddie. Mas há um dia em que os planos dão para o torto e Ray cai numa teia de corrupção, crime e pornografia, a que não faltam polícias duvidosos e arruaceiros sem escrúpulos. Começa aqui a sua vida dupla e

Ray vai percebendo melhor quem realmente puxa os cordelinhos por ali.

Um mistério policial entrelaçado com a história de uma família comum, encenado no fervilhante Harlem dos anos 60, sobre o pano de fundo do movimento dos direitos civis, numa época histórica irrepetível, que mudaria para sempre o mundo. Colson Whitehead – «mestre do romance», um dos mais premiados escritores da atualidade e voz literária fundamental na história da cultura negra – oferece-nos uma narrativa de crimes e castigos, episódios tragicómicos, pequenas vinganças e grandes disfarces. Um impressionante romance sobre raça e poder, os temas fulcrais da obra deste escritor.

«Whitehead oferece-nos aqui a sua magnífica eloquência, numa trama onde se enredam história urbana, estratificação racial, grandes esperanças e pequenos trafulhas.» - The New York Times

Traduzido por: Miguel Cardoso


Ler mais

Amostra

Autor

Colson Whitehead

Colson Whitehead nasceu em 1969 em Manhattan, Nova Iorque. Depois da formação em Harvard, começou por escrever críticas de livros, discos e programas de televisão. O seu primeiro romance, "The Intuitionist", foi finalista do prémio PEN/Hemingway e vencedor do Quality paperback Book Club's new Voices Award. "John Henry Days" é uma investigação sobre os homens que trabalham no aço e foi publicado em 2001. Foi finalista do National Book Critics Circle Award, do Los Angeles Times Fiction e do Pulitzer. Em 2003, publica o livro de ensaios "The Colossus of New York" que foi New York Notable Book of the Year. Seguiram-se outros títulos, como "Apex Hodes the Hurt" (2006), "Sag Harbour" (2009), ou ainda "Zone One" (2011), entre outros, todos com várias indicações para prémios literários. Além dos livros, os artigos e ensaios do autor têm sido publicados em várias publicações, como o New York Times, The New Yorker, New York Magazine, a Harper's e a Granta. Colson Whitehead vive na cidade onde nasceu.

Ler mais