ENVIOS GRÁTIS - Para compras de 20/11 a 16/12. Devolução prolongada até 30/01/2021. Ver condições

Partilhar

António Lobo Antunes - A Crítica na Imprensa 1980-2010 Cada Um Voa como quer

Fora de Coleção

Edição: Ana Paula Arnaut

Em Stock


Desconto: 60%
10,36 € 25,90 €

Detalhes do Produto

Sinopse

O discurso crítico pode (...) ser entendido, com a singularidade e, às vezes, com a transitória precariedade que o caracterizam, como um elemento a ter em conta no processo de constituição de um certo imaginário literário e das figuras e textos que o povoam.
Com maioria de razão acentuamos no discurso crítico aquela precariedade, quando estão em causa escritores do nosso tempo. E assim a relação de contemporaneidade que com eles vivemos envolve dificuldades e limitações conhecidas. Ou porque não estão ainda definidos, com a nitidez (mas também, não raro, com a rigidez) que a distância temporal favorece, os traços dominantes de uma produção literária já “historicizada”; ou porque nos juízos críticos que formulamos acerca dos contemporâneos é forte a presença de pressupostos exógenos a essa produção literária in fieri, sejam de natureza psicológica, ideológica ou de outra qualquer feição; ou porque a leitura de um escritor ainda com obra em curso inviabiliza a tentação de juízos globais e “fechados”, por qualquer destas ou por outras razões ainda, a verdade é que o discurso crítico acerca dos contemporâneos implica dificuldades, riscos e também desafios próprios.
Este livro de Ana Paula Arnaut torna evidente muito do que fica dito e, na sequência de uma outra coletânea sobre António Lobo Antunes – o volume Entrevistas com António Lobo Antunes (1979-2007. Confissões do Trapeiro), também publicado pela Almedina, em 2008 –, vem facultar-nos importantes contributos para o estudo do autor d’As Naus.

Carlos Reis (Prefácio)

Ler mais

Autor