Partilhar

17,90 €

Sinopse

A Europa Ocidental, estagnada desde a queda de Roma, mostrou sinais de retoma económica em meados do século XVIII. Adam Smith estava animado com o potencial desta nova era, o que o inspirou para estudar as mudanças nas instituições políticas da Grã-Bretanha, o declínio nas verdades venerandas da Igreja, o reforço das verdades eternas de solidariedade humana, o cada vez maior conhecimento do seu tempo, as implicações importantes da divisão do trabalho, o poder de troca, e um crescimento mais rápido através da acumulação de capital e uma força de trabalho em expansão. Este livro apresenta o autêntico Adam Smith e explora a sua abordagem e pensamento radicais, com o objectivo de restabelecer as suas intenções originais tal como expressas nas suas obras e correspondência, intenções que foram distorcidas por interpretações, suposições e citações modernas. Um texto que relembra a forma crucial como Adam Smith foi relevante no seu tempo, e como continua a ser nesta era de globalização em que vivemos.

"Profundo, irreverente e incómodo para interpretações equívocas e distorcidas sobre Adam Smith. Um livro muito empolgante sobre a ciência económica e os seus fundamentos em Smith. Especialista em Negociação, Gavin Kennedy analisa a metáfora da mão invisível sob a perspectiva da liberdade de negociação e optimização do funcionamento dos mercados."

Ler mais

Autor

Gavin Kennedy

Foi professor na Faculdade de Gestão da Universidade Heriot-Watt, em Edimburgo. Economista de formação, publicou vários livros sobre o comportamento em negociação e sobre a economia de defesa. É, ainda, fundador e presidente da Negotiate. Actualmente está semi-reformado, tendo quatro clientes globais de longa data, dois nos Estados Unidos e dois no Reino Unido, e várias missões mais curtas pelo mundo. Divide o seu tempo entre Edimburgo e Bordéus, dedicando-o à investigação e à escrita.

Ler mais