Partilhar

Abordagem Não Medicamentosa da Doença de Alzheimer

André Quaderi

2 dias


Desconto: 10%
14,31 € 15,90 €

Detalhes do Produto

Sinopse

Se a doença de Alzheimer e outras doenças similares constituem hoje em dia um setor de pleno direito em termos de investigação científica, não podemos esquecer que na sua génese são uma problemática essencialmente humana. Apesar de todos os avanços alcançados, o sofrimento psíquico continua a ser algo ainda um tanto incompreendido, inviabilizando uma ação clara por parte dos prestadores de cuidados. A partir de noções claras, esta obra propõe entrever a pessoa com demência como um "indivíduo-ambiente" em que os cuidados prestados não poderão estar dissociados do contexto em que evolui. A obra apresenta um método de prestação de cuidados inovador que concentra o essencial dos esforços não diretamente no paciente, mas antes no ambiente que o rodeia. Esta abordagem não medicamentosa assenta em três pontos essenciais e incontornáveis: a arquitetura, a organização e a relação. Principalmente centrada nestes últimos dois pontos (uma vez que são mais fáceis de adaptar em casa e nas instituições), esta obra desenvolve com clareza os princípios fundamentais do tratamento, recorrendo a inúmeros casos clínicos para ilustrar a teoria: entrevistas, sessões de grupo de mediação, sensorialização dos espaços, etc. Oferece todos os elementos necessários para a implementação concreta de uma ecologia humana adaptada a esta terrível doença. O autor faz uma inversão inédita e preciosa. Ao propor que tenhamos presente que, por detrás de sinais manifestos da demência, ainda vive uma pessoa para a qual foi o mundo que a rodeia que se tornou insensato, tal permitirá compreender melhor as novas coordenadas da vida mental destas pessoas e, nomeadamente, lidar melhor com a enorme angústia associada a este ambiente que se tornou demente. Tal como René Char costumava lembrar "para se impor melhor, por vezes a lógica assume traços do absurdo". Deixemos-lhe a última palavra:"Aquilo que vem ao mundo para nada perturbar não merece nem contemplações nem paciência."

 

Ler mais

Autor

André Quaderi

Ler mais