Partilhar

A Monarquia Constitucional dos Braganças em Portugal e no Brasil (1822-1910)

Rui Ramos, José Murilo de Carvalho, Isabel Corrêa da Silva

Disponibilidade Imediata

Desconto: 10%
22,95 € 25,50 €

Detalhes do Produto

Sinopse

Dois países, um sistema.
Uma história paralela de Portugal e do Brasil depois da independência brasileira.

As monarquias constitucionais de Portugal e do Brasil terminaram em repúblicas, a do Brasil em 1889 e a de Portugal em 1910. O projecto de uma monarquia atlântica, em que o reino de Portugal e o do Brasil fariam parte de um Reino Unido, fora desmantelado em consequência das revoluções liberais em Portugal e no Brasil a partir de 1820 - revoluções encaradas em ambos os reinos como uma questão de «independência nacional». 

As diferenças entre Portugal e Brasil são grandes, como não podia deixar de ser quando se considera a localização dos dois Estados no globo. 
Mas por isso mesmo faz sentido esta análise a partir do que parece ser mais análogo - a monarquia constitucional dos Braganças. 

Como é que princípios políticos que eram aparentemente os mesmos se desenvolveram em dois mundos diferentes? 
Poder-se-á falar, a propósito das monarquias constitucionais de Portugal e do Brasil, de dois países e um mesmo sistema?

Ler mais

Autor(es)

Rui Ramos

Ler mais

José Murilo de Carvalho

Ler mais

Isabel Corrêa da Silva

Ler mais