Partilhar

Uma Brancura Luminosa

Jon Fosse

Em Stock



Desconto: 20%
11,48 € 14,35 €

Detalhes do Produto

Sinopse

Um homem conduz sem destino. Ao acaso, vira à direita e à esquerda até que chega ao final da estrada na orla da floresta e o seu carro fica atolado. Pouco depois começa a escurecer e a nevar. O homem sai do carro e, em vez de ir à procura de alguém que o ajude, aventura-se insensatamente na floresta escura, debaixo de um céu negro e sem estrelas. Perde-se, quase morre de frio e de cansaço, envolto numa impenetrável escuridão. É então que surge, de repente, uma luz.

Uma Brancura Luminosa é a mais recente obra de ficção de Jon Fosse, Prémio Nobel de Literatura de 2023. Uma história breve, estranhamente sublime e bela, sobre a existência, a memória e o divino, escrita numa forma literária única capaz de assombrar e comover.

Tradução do norueguês de Liliete Martins.

Os elogios da crítica:

«Uma introdução perfeita à obra de Jon Fosse.» The Telegraph

«Inquietante e lírico, este pequeno livro é uma introdução adequadamente enigmática à obra de Fosse e um bom ponto de partida para se enfrentar os seus romances mais vastos e experimentais.» Financial Times - Livro do Ano 2023

«Uma Brancura Luminosa é, muito simplesmente, grande literatura.» Dagbladet


Ler mais

Amostra

Autor

Jon Fosse

Jon Fosse (Strandebarm, 1959) é um dos mais importantes e celebrados autores vivos. Escritor e dramaturgo prolífero, estreou-se em 1983 com o romance Raudt, svart [Vermelho, preto], tendo recebido vários prémios ao longo da sua carreira, entre os quais o Prémio Internacional Ibsen, o Prémio Europeu de Literatura e o Prémio de Literatura do Conselho Nórdico. A sua extensa obra, traduzida em mais de cinquenta línguas, inclui romance, teatro, poesia, livros para crianças e ensaio. Septologia é o mais recente projecto romanesco de Jon Fosse, composto por sete partes divididas em três volumes de leitura independente, e representa, segundo a crítica internacional, um dos pontos mais altos da sua carreira. Recebeu o Prémio Nobel de Literatura 2023 «pelas suas peças e prosa inovadoras que dão voz ao indizível».

Ler mais