Partilhar

Política e Sociedade Colonial Branca no Sul de Angola - O Caso das Terras Altas da Huíla (1958-1975)

Raiz do Tempo

Bruno de Carvalho

Em Stock


Desconto: 10%
13,50 € 15,00 €

Detalhes do Produto

Sinopse

Esta obra resulta da dissertação de mestrado que, com o mesmo nome, foi apresentada a provas à Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, no âmbito do Mestrado em História Contemporânea, em 2020. Este estudo traz novos conhecimentos sobre a estrutura e o funcionamento da sociedade colonial instituída pelos portugueses no planalto meridional de Angola, em especial na cidade do Lubango. Simultaneamente, é feita uma análise ao comportamento político dos colonos brancos, bem como às suas reivindicações económicas e políticas que fomentaram relações de tensão e até mesmo de conflito com o poder colonial. Durante os períodos eleitorais, as posições críticas dos colonos brancos evoluíram para situações de oposição aberta ao Estado Novo e à dominação colonial portuguesa, assumindo posições propriamente nacionalistas, sendo disso exemplo a formação da Frente de Unidade Angolana (FUA) em 1961. A evolução do processo de descolonização do sul de Angola é, conjuntamente, objecto
de reflexão. Concedendo particular ênfase à sua relação com os movimentos nacionalistas africanos, os efeitos da guerra civil e o êxodo final da população branca em 1975.

Ler mais

Autor

Bruno de Carvalho

Ler mais