Partilhar

Desconto: 10%
11,66 € 12,95 €

Detalhes do Produto

Sinopse

Em Crosby, uma pacata povoação costeira no Maine, todos conhecem Olive Kitteridge, a temível professora de Matemática do liceu, agora reformada, e Henry, o seu marido, farmacêutico gentil. E talvez não haja ninguém que conheça tão bem quanto Olive os segredos e os dramas dos habitantes da vila: o desespero de um ex-aluno que perdeu a vontade de viver; uma pianista alcoólica vítima de uma mãe castradora; uma mãe destroçada pelo crime hediondo do filho; um homem que descobre a ferocidade e as consequências do amor; e a solidão da própria família de Olive, à mercê dos seus caprichos.

Lamentando os ventos de mudança que varrem a sua vila e o mundo, sempre pronta a apontar um dedo crítico, Olive nem sempre dedica aos que a rodeiam a sensibilidade ou tolerância que mereceriam. Mas, à medida que todas estas vidas se vão entrelaçando, Olive começa a conhecer -se melhor, e a compaixão — pelos outros e por si própria — ganha terreno ao preconceito.

Nas mãos de Elizabeth Strout – autora elogiada pelo olhar clínico sobre a condição humana —, a sonolenta vila esquecida na margem do Atlântico torna -se o mundo inteiro, e os seus habitantes somos todos nós, enredados no drama e no milagre diários da vida, com os seus conflitos, tragédias, alegrias — e a coragem que viver sempre exige.

MELHOR LIVRO DO ANO

People • USA Today • The Atlantic • The Washington Post Book World

Seattle Post-Intelligencer • Entertainment Weekly • San Francisco

Chronicle Salon • Chicago Tribune • The Wall Street Journal

Ler mais

Autor

Elizabeth Strout

Elizabeth Strout, nascida em 1956 em Portland, nos Estados Unidos da América, é uma das romancistas americanas mais aclamadas da actualidade. Além do sucesso mundial que obteve com o romance Olive Kitteridge, que lhe valeu um prémio Pulitzer, recebeu ainda o Los Angeles Times Art Seidenbaum Award e o Chicago Tribune Heartland Prize pelo seu romance de estreia, Amy and Isabelle. Foi também finalista dos prémios PEN/Faulkner Award, Orange Prize e International Dublin Literary Award, no Reino Unido. os seus textos têm sido divulgados em várias publicações periódicas, incluindo a The New Yorker.


Ler mais