Partilhar

+5% em Cartão Almedina
7,75 €

Detalhes do Produto

Sinopse

Em 1879, Eça redige de um fôlego O Conde d'Abranhos, que apenas seria postumamente publicado e que constitui a sua mais contundente crítica romanceada da intriga política constitucional. (O editor chegou a propor que se publicasse sem indicação de autoria.) É o romance que mais directamente corresponde à crítica institucional das primeiras Farpas: concentra de um modo particularmente sarcástico um conjunto de traços satíricos que, diversamente doseados, se distribuirão noutras obras por vários figurantes do carreirismo político ou burocrático.

Ler mais

Autor

José Dias de Melo

José Dias de Melo (Calheta de Nesquim, Lajes do Pico, 8 de abril de 1925 - Ponta Delgada, 24 de setembro de 2008) é um dos escritores açorianos com maior projeção regional e nacional, não só pela quantidade e pela diversidade dos livros que publicou, mas também porque se ocupou - partindo da realidade açoriana - de temas que tocam o mais profundo e o mais universal do ser humano.

Da sua vasta obra, num total de 27 livros, são de destacar os três romances do Ciclo da Baleia (1958, 1964 e 1976).

Ler mais