Partilhar

Monserrate: A Casa Romântica de Uma Família Inglesa

Maria João Neto

Sujeito a confirmação por parte da editora



Desconto: 20%
22,90 € 28,62 €

Detalhes do Produto

Sinopse

A história e os valores artísticos da quinta de Monserrate, projetada por De Visme, habitada por William Beckford e nomeada por Lord Byron, são uma referência no quadro internacional do Romantismo e fazem parte da herança cultural de Sintra, classificada como Paisagem Cultural e Património da Humanidade pela UNESCO. A vida mundana de Beckford, o seu espírito inquieto e, naturalmente, a sua fortuna, permitem fixá-lo a muitos lugares e residências. Mas julgamos que nenhuma delas recebeu uma evocação póstuma tão digna, criativa e eloquente como aquela que Sir Francis Cook teve o mérito de conceber e patrocinar, na segunda metade do século XIX, fazendo de Monserrate um dos mais belos lugares de Portugal.

Ler mais

Autor

Maria João Neto

"Maria João Neto Maria João Neto é Professora Associada com Agregação no Instituto de História da Arte da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Licenciou-se em História da Arte na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa em 1985. Concluiu o Mestrado, na mesma Faculdade, em 1990, com a apresentação de uma tese sobre O Restauro do Mosteiro de Santa Maria da Vitória de 1840 a 1900. Doutorou-se em 1996 com uma tese intitulada A Direção-Geral dos Edifícios e Monumentos Nacionais e a Intervenção no Património Arquitectónico em Portugal (1929 - 1960). Tem desenvolvido os seus estudos e projetos de investigação nacionais e internacionais, bem como a orientação de teses, nas áreas de História da Arte Contemporânea, História e Teoria do Restauro Arquitetónico, Gestão Integrada do Património Artístico e História do Colecionismo e Mercados da Arte. Atualmente é diretora do ARTIS - Instituto da História da Arte da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. João Alves da Cunha Arquiteto pela FAUL (1998) e Mestre em Reabilitação da Arquitetura e Núcleos Urbanos pela mesma faculdade (2003). É Doutor em História da Arquitetura na FAUL (2014) com a tese “MRAR - Movimento de Renovação da Arte Religiosa e os anos de ouro da Arquitetura Religiosa em Portugal no século XX”, sob a orientação dos arquitetos José Manuel Fernandes e Nuno Teotónio Pereira, trabalho distinguido pela FAUL com o Prémio Professor Manuel Tainha, correspondente à melhor tese de Doutoramento em arquitetura nos anos 2013- 2014, e publicado pela Universidade Católica Editora em 2015. É conferencista e autor de diversos artigos na área da arquitetura religiosa, relevando-se os últimos trabalhos “Igreja do Sagrado Coração de Jesus, Lisboa” (2020), “Igreja da Sagrada Família, Paço de Arcos” (2019) e “O Seminário da Luz, nos 50 anos da sua igreja” (2018). Tem organizado, desde 2010, encontros e exposições de arquitetura e de arquitetura religiosa. É investigador do Centro de Estudos de História Religiosa da Universidade Católica Portuguesa, onde tenho colaborado em projetos de investigação como “A Igreja Católica e a Cidade Moderna” (2015) e “Dominicanos. Arte e Arquitetura Portuguesa. Diálogos com a Modernidade” (2018). "

Ler mais