Partilhar

Desconto: 10%
13,95 € 15,50 €

Detalhes do Produto

Sinopse

Em 1931 o Banco Nacional Ultramarino foi objecto de um resgate milionário feito pelo Estado. Os accionistas privados perderam 75% do capital e receberam o dividendo seguinte apenas em 1947. Em várias cartas escritas por Oliveira Salazar, o então ministro das Finanças mostrava ter consciência da insustentabilidade da situação do BNU e dos riscos que representava para a economia. Este livro, apresenta o domínio da crise do BNU no contexto da Grande Depressão, mostrando como Salazar resolveu o grande escândalo financeiro do Estado Novo, evitando que este abalasse os alicerces de um regime ditatorial que se erigia e que durou até 1974.

Ler mais

Autor

Filipe S. Fernandes

Ler mais