Partilhar

+5% em Cartão Almedina
Desconto: 10%
14,98 € 16,64 €

Detalhes do Produto

Sinopse

Nesta obra Pearl S. Buck descreve de um modo quase pictórico a vida simples e rude do povo Chinês, numa época que é pouco conhecida. A narrativa vivida e pormenorizada permite que o leitor capte toda a simplicidade e intensidade dos tempos descritos em Mãe.
Ao penetrar no espírito da camponesa, Pearl S. Buck dá a conhecer os sentimentos mais profundos da mente e do coração de uma mulher e de uma mãe. Fá-lo de uma maneira comovente, enérgica e mesmo violenta. A personagem, sem qualquer dúvida estóica, assume uma grandeza sem par pela forma como encara e ultrapassa os obstáculos que a vida lhe coloca. Uma vida longa, árdua e solitária.

Ler mais

Autor

Pearl S. Buck

Pearl Sydenstricker Buck nasceu em 1892, nos Estados Unidos e foi criada na China. Filha de missionários presbiterianos, Pearl Buck cresceu a falar chinês e inglês. Lecionou Literatura Inglesa em várias universidades chinesas antes de ser forçada a abandonar o país, em 1932, devido à eclosão da Guerra Civil Chinesa. Em 1930 publicou o seu primeiro romance, Vento do Oriente, Vento do Ocidente. Seguiu-se-lhe Terra Abençoada (1931), galardoado com o Prémio Pulitzer. A partir de 1935, Buck passa a viver nos Estados Unidos e empreende esforços em favor de diversas causas humanitárias, que culminam com a criação da Fundação Pearl Buck. Em 1938 tornou-se a primeira escritora norte-americana a ser galardoada com o Prémio Nobel de Literatura. Pearl Buck faleceu aos 80 anos em Danby, no estado do Vermont. Deixou um legado de mais de 70 livros, que abordam o confronto entre Oriente e Ocidente. Em vida, conseguiu abrir a mente dos americanos para as questões sociais, raciais e de descriminação sexual, quer através das suas obras, quer através dos seus atos. Influenciou de forma profunda e decisiva o modo como os americanos viam a China e as relações internacionais de forma geral.

Ler mais