Partilhar

Florbela Espanca - Alma Sonhadora, Irmã Gémea de Fernando Pessoa

Florbela Espanca

Em Stock



Desconto: 20%
14,64 € 18,30 €

Detalhes do Produto

Sinopse

Esta obra reúne os contos completos e inclui toda a poesia publicada em vida ou parcialmente revista pela poetisa.

Com os seus frugais 36 anos vividos, ao longo dos quais nada lhe bastou, nada a satisfez e nada a preencheu por completo, Florbela Espanca ofereceu-nos, com um espírito panteísta e feminista, o melhor que se pode conhecer da beleza das coisas raras e etéreas.

Viveu fora do seu tempo, é certo, mas deixou, através do seu estilo lacónico e dramático, tanto em poesia como em prosa, e em obstinado diálogo com uma tradição cultural e poética masculina, um legado que transcende os tempos e comprime os espaços.

Perante a excelência literária da obra florbeliana, resta-nos curvar a cabeça e desejar que esta iniciativa editorial seja como a sua alma: sonhadora e imortal.

FLOR BELA

Na madrugada de 8 de dezembro de 1894, em Vila Viçosa, foi anunciado, durante o trabalho de parto, que era uma menina, uma flor. O seu pai, certificando, declarou: Flor se chamará.

De nome completo Flor Bela d’Alma da Conceição Espanca, tentou sempre desvendar o mistério da sua alma, imensa demais para ser vulgarmente feliz neste mundo.

Dias antes de morrer, enquanto revia as provas tipográficas do livro Charneca em Flor, Florbela confessa que vai suicidar-se no próprio dia do seu aniversário, por entender que este será o melhor presente que poderá dar a si mesma. Ninguém a levou a sério. Morreu durante a noite, a 8 de dezembro de 1930, possivelmente às duas da manhã, a mesma hora a que nascera 36 anos antes.


Ler mais

Autor

Florbela Espanca

Ler mais