Partilhar

Desconto: 20%
11,20 € 14,00 €

Detalhes do Produto

Sinopse

Em 1974 a esperança média de vida à nascença em Portugal era de 68,2 anos; hoje é de 80,7 anos. Foram vários os fatores que contribuíram para esta evolução, nomeadamente o aumento do rendimento das famílias, a melhoria das condições de habitação, o saneamento básico e os avanços da ciência médica. Contudo, foi a criação do SNS, em 1979, que veio realizar o direito à proteção da saúde previsto na Constituição da República Portuguesa. Ao longo dos últimos 43 anos o SNS tem sofrido várias vicissitudes, as quais se agravaram e tornaram mais visíveis com a pandemia por COVID-19.No atual espectro político há quem defenda a continuidade de um sistema fortemente centrado no sector público, quem deseje um sistema que inclua o setor privado e social e até quem prefira um sistema totalmente privado. No entanto, talvez fosse mais ajuizado refletirmos sobre a atual dessincronização entre a oferta de serviços de saúde, públicos ou privados, e as necessidades e desejos de uma sociedade que pouco ou nada tem a ver com a de 1979.O livro que agora se publica pretende ser um contributo para a reflexão de todos os portugueses sobre o modelo organizativo que melhor responda às necessidades atuais e futuras, nos domínios da promoção da saúde, prevenção da doença e prestação de cuidados de saúde.

Ler mais

Autor(es)

Adalberto Campos Fernandes

Ler mais

Pedro Serra Pinto

Ler mais