Partilhar

Ensinar e Estudar Matemática em Engenharia

Jorge André

Sujeito a confirmação por parte da editora



Desconto: 10%
9,08 € 10,09 €

Detalhes do Produto

Sinopse

Ensinar e aprender Matemática num curso de Engenharia foi, é e, provavelmente, continuará sempre a ser um desafio, uma perpétua fonte de insatisfação e equívocos. Os estudantes não entendem por que têm de estudar tanta Matemática num curso de Engenharia, queixam-se que o seu ensino é teórico e pouco motivante, e que se lhes dificulta a aprovação nestas cadeiras. Por seu lado, muitos professores de Matemática não têm gosto em ensiná-la a estudantes de Engenharia, pois sabem que é difícil motivá-los sem fazer concessões que consideram inadmissíveis no nível de ensino da Matemática. Nem sequer sabem para que lhes vai servir a Matemática no resto do seu curso ou, mais tarde, na vida profissional. Finalmente, os professores de Engenharia escandalizam-se de que muitos estudantes atrasem tanto a aprovação nas cadeiras de Matemática. Muitos deles acham que a culpa é dos professores de Matemática, que não motivam os estudantes e lhes dificultam a aprovação. Neste contexto de equívocos e tensões, em boa parte filho do fenómeno mais geral e profundo da especialização das Ciências, o presente texto recolhe algumas reflexões, originadas da experiência pessoal do autor e da de outros com quem as debateu, com o propósito de despertar o interesse e ajudar a organizar as reflexões de estudantes e professores de Matemática e Engenharia, sobre a forma como a Matemática se ensina e estuda em cursos de Engenharia. Neste interesse e nesta reflexão residem a única esperança de alteração do status quo nesta matéria, cuja relevância radica no papel nevrálgico que a Matemática assume na formação de um Engenheiro.

Neste livro: justifica-se a utilidade/necessidade da Matemática em Engenharia; analisam-se as principais cadeiras de Matemática dos cursos de Engenharia; reflecte-se sobre a ligação, real ou desejável, existente entre as cadeiras de Matemática e Engenharia; aponta-se o interesse em realizar análises estatísticas do fenómeno; e, em apêndice, detalha-se a análise de alguns exemplos.

Ler mais

Autor

Jorge André

Jorge Campos da Silva André é Professor Auxiliar no Departamento de Engenharia Mecânica da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, onde fez as provas de Aptidão Pedagógica e Capacidade Científica, e o Doutoramento, e tem regido disciplinas de áreas variadas, com realce para as de Probabilidades e Estatística e Matemática Aplicada à Engenharia. Realizou investigação nos domínios da teoria estatística da turbulência, dos motores-foguete, do acondicionamento do ar no interior de veículos, da acústica, dos incêndios florestais e da gestão/ ecologia industrial.

Ler mais