Partilhar

+10% em Cartão Almedina
Desconto: 10%
25,11 € 27,90 €

Detalhes do Produto

Sinopse

Desde Platão, ninguém conseguiu defender de modo tão convincente como Herbert Read a tese de que a arte deve constituir a base da educação.

ÍNDICE

PREFÁCIO
PREFÁCIO DA SEGUNDA EDIÇÃO
PREFÁCIO À TERCEIRA EDIÇÃO (Revista)

Cap. I — O OBJECTIVO DA EDUCAÇÃO
Cap. II — A DEFINIÇÃO DE ARTE
Cap. III — SOBRE A PERCEPÇÃO E A IMAGINAÇÃO
Cap. IV — TEMPERAMENTO E EXPRESSÃO
Cap. V — A ARTE DAS CRIANÇAS
Cap. VI — MODOS INCONSCIENTES DE INTEGRAÇÃO
Cap. VII —O MÉTODO DE EDUCAÇÃO NATURAL
Cap. VIII — AS BASES ESTÉTICAS DA DISCIPLINA E DA MORALIDADE
Cap. IX — O PROFESSOR
Cap. X — O MEIO AMBIENTE
Cap. XI — A REVOLUÇÃO NECESSÁRIA

BIBLIOGRAFIA
ÍNDICE REMISSIVO

Ler mais

Amostra

Autor

Herbert Read

HERBERT READ nasceu em Kirkbymoorside, North Yorkshire, Inglaterra, em 4 de Dezembro de 1893. Foi criado numa fazenda e serviu como oficial na Primeira Guerra Mundial. A infância e a guerra são temas frequentes nos volumes de poesia que publicou a partir da sua estreia, em 1919, com Guerreiros nus. Após a guerra, trabalhou na curadoria do Victoria and Albert Museum, em Londres, e em 1931 e 1932 leccionou na Universidade de Edimburgo. De 1933 a 1939, foi editor da revista “Burlington Magazine”. Crítico dos mais conceituados entre as décadas de 1930 e 1950, e expoente do movimento de educação pela arte, Herbert Read impôs-se pelo seu espírito democrático e humanístico, tanto no campo da estética quanto em pedagogia, sociologia e filosofia política. Entre seus ensaios, destacam-se títulos como O significado da arte (1931), A forma na poesia moderna (1932) e Educação pela Arte (1943). Estes e outros livros de Read serviram para a revalorização dos poetas românticos ingleses. Nomeado Cavaleiro em 1953, Herbert Read morreu em Malton, North Yorkshire, em 12 de Junho de 1968.«

Ler mais