Partilhar

Corpos Modernos do Palco

Nuno Moura, Museu do Teatro

Em Stock



26,50 €

Detalhes do Produto

Sinopse

A exposição “Corpos Modernos do Palco”, inaugurada a 20 de janeiro de 2022, iniciou uma nova fase na vida do Museu Nacional do Teatro e da Dança. Após um prolongado período de encerramento, devido a obras de manutenção seguidas de uma pandemia mundial, retomou-se o contacto com o público e a partilha física de experiências culturais no espaço museológico.

Este projeto apresenta-se como um dos resultados tangíveis do trabalho de exploração, investigação, tratamento e divulgação dos acervos próprios do Museu. Com uma coleção de fotografia constituída por mais de cento e cinquenta mil espécies, o Museu Nacional do Teatro e da Dança preserva, não apenas, a obra original de importantes fotógrafos profissionais, casas e estúdios de fotografia como, também, a carolice de amantes do espetáculo, que foram registando os espaços, a cena e os seus intervenientes desde o final do século XIX até hoje. Trata-se de um núcleo extraordinário para a construção da memória gráfica do espetáculo em Portugal, de valor documental e artístico único....

Ler mais

Autor(es)

Nuno Moura

Ler mais

Museu do Teatro

MUSEO NACIONAL DO TEATRO E DA DANÇA

No conjunto de retratos de artistas portugueses fotografados por Joaquim da Silva Nogueira (1892-1959) entre 1927 e 1934, pertencentes ao acervo do Museu Nacional do Teatro e da Dança, podemos encontrar a expressão de uma tripla modernidade. Em primeiro lugar, representam uma profunda mudança estética no retrato, incorporando traços do cinematógrafo, em particular o grande plano. Em segundo lugar, testemunham uma transformação do teatro nacional, quer no teatro de repertório, quer na Revista à Portuguesa, começando a sentir-se, de forma cada vez mais evidente, a influência do cosmopolitismo das grandes capitais. Em terceiro lugar, a ampla disseminação dessas imagens nos novos magazines ilustrados, perfeitamente integradas na paginação inovadora desses magazines, fê-las chegar a faixas cada vez maiores de público, dando azo a uma marcante mudança para um gosto modernista. Estes aspetos tornam essas imagens de uma particular importância para a fotografia modernista portuguesa.

Ler mais