Partilhar

Concerto Barroco

Alejo Carpentier

2 dias

, tradução de Helena Pitta


Desconto: 10%
4,51 € 5,00 €

Detalhes do Produto

Sinopse

Concerto Barroco (1974) não é um romance; é uma pequena jóia, na qual se cristaliza o virtuosismo de Alejo Carpentier como musicólogo e, segundo alguns, como precursor do realismo mágico. Breve obra de maturidade, narra o curioso périplo setecentista de um aristocrata mexicano e do seu criado Filomeno, que, cruzando o Atlântico, rumam à refinada Veneza no Carnaval. Nesta cidade, um prodigioso concerto reunirá Louis Armstrong, Scarlatti e Händel, Vivaldi e a sua orquestra de pupilas musicófilas, os fantasmas de Wagner e de Stravinski. Genuína explosão de cor e música, Concerto Barroco cruza tempos e sonoridades, o Velho e o Novo Mundo, as suas culturas e histórias, e é, para o próprio autor, a «suma teológica da sua carreira».

Ler mais

Autor

Alejo Carpentier

(1904-1980), Escritor natural da Suíça, mas indiscutivelmente cubano, é um dos expoentes das letras latino-americanas do século xx, tendo influenciado várias gerações de escritores. Jornalista e musicólogo, cresceu em Havana, onde estudou arquitectura. Viajou pelo México, pela Venezuela e por França, onde conheceu destacados surrealistas, e interessou-se desde cedo pela política da América Latina. Defendeu ideais revolucionários, que lhe valeram a expulsão de Cuba, país a que regressaria após a revolução. Dono de uma memória prodigiosa e de uma fascinante erudição, Carpentier entrelaça na sua obra o virtuosismo estilístico e um universo literário em que o realismo mágico está ao serviço da história e da cultura singular de todo um continente exuberante. É autor de A Sagração da Primavera, A Harpa e a Sombra e Os Passos Perdidos, entre muitas outras obras.

Ler mais