Partilhar

Desconto: 10%
8,91 € 9,90 €

Detalhes do Produto

Sinopse

Fim do século XXI: uma estranha doença, batizada «Cagaster», faz a sua aparição. Um em cada mil humanos é contaminado por este mal, que provoca a metamorfose dos infetados em monstruosos insetos antropófagos. Dois terços da humanidade são dizimados…

Ano 2125: Kidow, um exterminador com um passado misterioso, tenta levar de volta a jovem Ilie à sua mãe. Mas, para isso, tem de começar por encontrar esta última, e Ilie vai descobrir, na companhia de Kidow, um universo onde o cagaster está longe de ser o único perigo...

Uma série em seis volumes, integralmente produzidos pela artista por sua própria conta e risco, e publicados primeiro no site pessoal da autora, antes mesmo da sua publicação em livro, em França (e antes mesmo da sua publicação no Japão). Resultado: um argumento perfeitamente consistente que se liberta das restrições editoriais impostas pelo sistema de pré-publicação habitual no Japão!

Ler mais

Autor

Kachou Hashimoto

Kachou Hashimoto nasceu num dia 22 de fevereiro em Kanagawa, Japão, e manifestou desde cedo o desejo de vir a ser autora de manga, tendo decidido profissionalizar-se neste meio ainda durante a escola secundária.

Terminado o Secundário, inscreveu-se numa escola de desenho e mais tarde tornou-se assistente de Daisuke Higushi, autora da série de manga Whistle!

Publica a sua primeira manga em janeiro de 2000, utilizando então o seu nome real, Aiko Nagayama. Seguem-se-lhe outras, que assina quer com esse nome quer com o pseudónimo Yasumi Nagayama.

A série Cagaster é publicada no seu site da internet sob o pseudónimo Hashimoto Chicken entre abril de 2005 e abril de 2013. Em 2012, as Éditions Glénat negoceiam com a autora, que até então recusava as ofertas dos editores japoneses, os direitos de publicação mundiais com exclusão do Japão. A versão francesa é publicada na coleção Glénat Manga em seis volumes, publicados entre 2014 e 2015 e assinados sob o pseudónimo Kachou Hashimoto. A série é depois finalmente publicada no Japão, pela Shoten, em 2016. Foi posteriormente adaptada para o formato Web anime, numa série de animação de 12 episódios com o título Cagaster of an Insect Cage. Produzida pelos estúdios Gonzo e realizada por Koichi Chigira, foi difundida pela Netflix em 2020.

Em 2015, dá início à publicação de Arbos Anima no Monthly Comic Ryu, adotando igualmente o pseudónimo Kachou Hashimoto, cujos carateres em japonês tanto significam «flor» como «pássaro».


Ler mais