Partilhar

As Ocupações de Terras no Distrito de Beja, 1974 - 1975

Fora de Coleção

Constantino Piçarra

Indisponível



+5% em Cartão Almedina
Desconto: 20%
15,92 € 19,90 €

Detalhes do Produto

Sinopse

Este livro é um estudo sobre as movimentações sociais e as transformações económicas ocorridas nos campos do distrito de Beja no período compreendido entre o 25 de Abril de 1974 e o final do ano de 1975. Tendo por base uma reconstituição histórica detalhada sobre a questão social que antecede e acompanha a concretização da reforma agrária neste distrito do país, o presente trabalho visa, no fundamental, esclarecer as razões subjacentes à génese e desenvolvimento do movimento de ocupações de terras, processo que irá culminar, no final do ano de 1975, na constituição de Novas Unidades de Produção geridas colectivamente pelos trabalhadores, o que consubstancia uma profunda alteração das relações de produção até então dominantes nos campos do Baixo Alentejo.

ÍNDICE

Glossário de abreviaturas utilizadas no texto

Agradecimentos

INTRODUÇÃO
1. Objecto do trabalho
2. Âmbito cronológico
3. Metodologia
4. Bibliografia e fontes
5. Questão prévia ao plano da dissertação
6. Plano da dissertação

CAPÍTULO I - A SOCIEDADE RURAL DO DISTRITO DE BEJA NAS VÉSPERAS DE ABRIL DE 1974
1. A política agrícola do Estado Novo até á década de 1960. Breve resenha histórica
2. As alterações agrícolas ocorridas no Alentejo na década de 1960
3. A sociedade rural do distrito de Beja

CAPÍTULO II - AS MOVIMENTAÇÕES SOCIAIS NOS CAMPOS DO DISTRITO DE BEJA DO 25 DE ABRIL DE 1974 ÀS PRIMEIRAS OCUPAÇÕES DE TERRAS
1. Introdução
2. As primeiras convenções de trabalho rural
3. O primeiro contrato colectivo de trabalho rural
4. A luta dos assalariados rurais pelo pleno emprego
5. A ALA e a LPA. Uma disputa pela conquista da base social de apoio dos pequenos e médios agricultores
6. A política agrária da Secretaria de Estado da Agricultura
7. Os partidos políticos e o MFA face à questão agrária

CAPÍTULO III - AS OCUPAÇÕES DE TERRAS NO DISTRITO DE BEJA NO PÓS 25 DE ABRIL DE 1974
1. A agudização das tensões sociais
2. O movimento de ocupações de terras
3. As novas unidades de produção agrícolas saídas do movimento das ocupações de terras

CAPÍTULO IV - CONCLUSÃO

TABELA DE LEGISLAÇÃO AGRÁRIA E CRONOLOGIA DAS PRINCIPAIS MOVIMENTAÇÕES OCORRIDAS NA SOCIEDADE RURAL DO DISTRITO DE BEJA (ABRIL DE 1974-1975)

FONTES E BIBLIOGRAFIA
I - FONTES PRIMÁRIAS
II - BIBLIOGRAFIA
ANEXO I
ANEXO II

Ler mais

Autor

Constantino Piçarra

CONSTANTINO PIÇARRA nasceu em Vila de Frades em 1958. É Licenciado em História pela faculdade de Letras da Universidade Clássica de Lisboa (1984), onde realizou uma Especialização em Ciências Documentais - Opção Documentação e Biblioteca - (1996), Mestre em História do Século XX pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa (2000) e investigador do Instituto de História Contemporânea desta Universidade. Para além do trabalho de investigador, no âmbito do qual publicou alguns artigos relacionados com a problemática da questão agrária no período da revolução de Abril, é director da Biblioteca Municipal de Almodôvar e exerce funções docentes como professor do Ensino Secundário.

Ler mais