Partilhar

20,00 €

Detalhes do Produto

Sinopse

Neste grande livro de Jorge Marques, porventura, até agora, o melhor dos seus livros, aprenderemos o papel da multitude de sentidos, nas suas variadas representações e em personagens icónicas como a artista plástica, os seus amigos, a aventura pela Amazónia, o erotismo dos momentos, o tango, sempre o tango, os pretextos gastronómicos, os Chefs…Esta bebedeira de sentidos” transforma os homens num mundo harmonioso e que se quer melhor, com o autor a levar-nos nesta aventura épica da sinfonia dos sentidos.


Ler mais

Autor

Jorge Marques

Com formação em Gestão de Recursos Humanos e Psicologia de Trabalho e Gestão de Empresas, foi também coordenador e docente na formação de Executivos na Universidade Católica, Universidade Autónoma e INA-Instituto Nacional de administração. Trabalhou como Executivo no Pão de Açúcar, EDP e SIC e como Consultor em 38 empresas em Portugal e no estrangeiro. Tem colaborado na Imprensa Económica e Regional, nomeadamente, Semanário Económico, Jornal de Negócios e Jornal do Centro. Presidiu a Organização Nacional e Organizações Internacionais na Região do Mediterrâneo e América Latina nos domínios da Gestão de Recursos Humanos, formação e desenvolvimento. Prémios: “1st Generation” HR pela Universidade Europeia (2013); APG – Mérito pela Associação Portuguesa dos Gestores de Pessoas (2014). Publicou no domínio do romance: “O Inconfidente Bar” (1999); “O Primeiro-Ministro queria ser Cantador de Mornas” (2000); “D. Sebastião morreu velho, no México, casado com uma índia” (2003); “A Casa das Portas Vermelhas” (2006) “A Cidade do Amor Secreto” (2016). Publicou no domínio técnico-científico: “Novas Perspectivas da Gestão” (1999); “G de Gente” (2011); “Vida e Gestão” (2015).

Ler mais