Partilhar

Relatório Acerca da Administração do Distrito de Inhambane (ano de 1917)

José Botelho de Carvalho Araújo

Sujeito a confirmação por parte da editora


Desconto: 10%
20,99 € 23,32 €

Detalhes do Produto

Sinopse

Inhambane era o distrito mais pequeno e mais pobre em recursos da colónia de Moçambique. Dos seus 350 000 habitantes cerca de 600 eram brancos. Foi António José de Almeida, na altura a acumular o cargo de chefe do governo de União Sagrada e a pasta das Colónias quem, sob proposta do governador geral de Moçambique, Álvaro de Castro, convidou Carvalho Araújo para chefiar o governo de Inhambane.
Carvalho Araújo mostrou-se reticente com a nomeação; encarava Moçambique como um teatro de guerra secundário, ansiando por se tornar útil à pátria. António José de Almeida afirmou que só tinha conseguido «(...) que ele fosse, depois de lhe impor o encargo como uma necessidade a que devia obediência. Mesmo assim, afirmou: «Agradeço a honra, mas vou contrariado».

Ler mais

Autor

José Botelho de Carvalho Araújo

Ler mais