Partilhar

Ordem Política e Decadência Política

Francis Fukuyama

Disponibilidade Imediata

Desconto: 20%
26,32 € 32,90 €

Detalhes do Produto

Sinopse

As Origens da Ordem Política foi classificado por David Gress, no The Wall Street Journal, como sendo «magistral na sua sabedoria e admirável na sua ambição». Michael Lind, no The New York Times Book Review, descreveu o livro como «um grande empreendimento, escrito por um dos intelectuais mais importantes do nosso tempo», enquanto no The Washington Post Gerard DeGrott afirmou que «esta é uma obra que será lembrada. Aguardamos pelo segundo volume.» O segundo volume finalmente chegou, completando a obra de ciência política mais importante das últimas décadas. Partindo da questão essencial de como as sociedades desenvolvem instituições políticas fortes, impessoais e responsabilizáveis, Fukuyama narra os acontecimentos desde a Revolução Francesa até à chamada Primavera Árabe, bem como as relevantes disfunções da política contemporânea norte-americana. Examina os efeitos da corrupção nas instituições governativas, e as razões porque algumas sociedades conseguiram extirpá-la com sucesso. Explora os diferentes legados do colonialismo na América Latina, África e Ásia, e oferece um relato lúcido da razão de algumas regiões se terem desenvolvido e prosperado mais rapidamente do que outras. Com coragem, ajusta também contas com o futuro da democracia, face ao aparecimento de uma classe média global e à paralisia política no Ocidente. Uma magistral e decisiva narrativa da luta pela criação de um estado moderno e eficaz, Ordem Política e Decadência Política está destinado a tornar-se um clássico.

Ler mais

Autor

Francis Fukuyama

Francis Fukuyama nasceu em 1952 em Chicago, nos Estados Unidos da América. Doutorado em Ciência Política pela Universidade de Harvard, é investigator no Center on Democracy, Development and the Rule of Law, da Universidade de Standford.
Escreveu o célebre O Fim da História e o Último Homem, onde defende que a generalização a nível planetário da democracia liberal pode indicar que se atingiu o último patamar da evolução sociocultural da humanidade, e que se encontrou o derradeiro regime político.

Ler mais