Partilhar

O Despertar da Eurásia: em busca da nova ordem mundial

Bruno Maçães

2 dias

Desconto: 10%
16,93 € 18,80 €

Detalhes do Produto

Sinopse

Neste livro ousadamente original e oportuno, Bruno Maçães defende que a mais significativa tendência geopolítica de hoje é a crescente integração da Europa e da Ásia. Embora a China e a Rússia tenham sido mais rápidas a reconhecer a importância estratégica da Eurásia, os europeus estão agora a perceber que o seu projeto político está intimamente ligado ao resto do supercontinente – e, como Maçães mostra, ficarão assim mais fortes.
Recorrendo aos relatos vívidos da sua viagem de seis meses, sempre por terra, de Bacu a Samarcanda, de Beijing a Vladivostoque, bem como à experiência dos anos em que trabalhou na política da União Europeia, Maçães traça um mapa do que poderá vir a ser este mundo em mudança.

 «Parte história, parte diário de viagem e parte tratado político, Maçães dá sentido ao nosso mundo em fratura de uma forma que muito poucos conseguiriam. O facto de o fazer com tanto estilo não é menos do que impressionante.»
Ian Bremmer, presidente e fundador do Eurasia Group

«Informativo e arguto […] este relato estabelece a razão pela qual estamos no início de uma nova era nas relações internacionais. Neste mundo em mudança do século XXI, compreender a Eurásia é mais importante do que nunca. Este livro ajuda a preparar para o mundo de amanhã, já hoje.»
Peter Frankopan, autor do bestseller The Silk Roads

«Brilhante, ousado e muitíssimo bem escrito, revela a geopolítica mundial como se fosse um thriller que não se consegue largar. De Bruxelas a Beijing, de Istambul a Almaty, esta é uma viagem extraordinária, fervilhante de espiões russos, pensadores chineses, radicais turcos e artistas iranianos. É uma profunda obra de pensamento político, tão à vontade com as ideias russas e chinesas como a expor os limites das nossas.»
Ben Judah, autor de This is London

Ler mais

Autor

Bruno Maçães

Bruno Maçães é presentemente Conselheiro Sénior da Flint Global, em Londres, onde aconselha companhias sobre política internacional, e Senior Fellow da Universidade de Renmin, em Beijing, e no Hudson Institute, em Washington. Secretário de Estado dos Assuntos Europeus de Portugal entre 2013 e 2015, foi condecorado pela Espanha e pela Roménia pelos seus serviços ao governo. É doutorado em Ciência Política pela Universidade de Harvard e foi professor investigador no American Enterprise Institute, em Washington, e no Carnegie, em Bruxelas. Tem escrito para Financial Times, Politico, Guardian e Foreign Affairs e aparece regularmente na CNN, na BBC, na Bloomberg, na CCTV e na Al Jazeera.

Ler mais