Partilhar

Tintin - O Ceptro de Ottokar

Tintin

Hergé

Em Stock



Desconto: 10%
8,91 € 9,90 €

Detalhes do Produto

Sinopse

Tintin, acompanhando um velho professor, chega a um pequeno país do Leste da Europa, chamado Sildávia. Descobre que outro país, a Bordúria, quer apoderar-se do controle do reino, roubando o Ceptro de Ottokar. Este é venerado pelo povo e o imperador deve usá-lo no desfile de São Vladimir, festa nacional da Sildávia, caso contrário perderá o direito ao trono. Tintin descobre isto e tenta avisar o imperador, mas é impedido de entrar no palácio real, o castelo de Kropow, mas está fortemente protegido por tropas imperiais. Apesar disso, o espião da Bordúria, Mustler, consegue roubar o Ceptro e tenta fugir do reino. Tintin consegue recuperar o Ceptro e retorna ao palácio, mesmo antes do começo do desfile. Assim a Sildávia mantém a independência.

Ler mais

Autor

Hergé

"HERGÉ nasceu em Bruxelas, em 1907. Entra para os escuteiros em 1921. Os seus primeiros desenhos foram publicados em revistas desta organização, onde já utiliza o pseudónimo Hergé. No final dos estudos começa a trabalhar no jornal Le Vingtième Siècle e, em 1928, é encarregue de criar, dirigir e ilustrar Le Petit Vingtième, um suplemento semanal para a juventude. Tintin e Milu fazem aí a sua aparição, em 1929. Em 1930 é publicado o primeiro álbum: Tintin no País dos Sovietes. Durante a guerra, Hergé trabalha para o Le Soir e, a partir de 1946, as Aventuras de Tintin passam a ser publicadas na sua própria revista. Em1950, Hergé funda os Estúdios Hergé, onde reúne muitos colaboradores. Em Bruxelas, em 1976, é inaugurada uma estátua de bronze de Tintin e Milu, e no 65º aniversário de Hergé a Sociedade Belga de Astronomia dá o seu nome a um planeta então descoberto. Hergé morre em 1983, deixando inacabado o álbum Tintin e a Alph-Art. Em 1989 é inaugurado um busto seu em Angoulême e, nesse mesmo ano, em Bruxelas, a Fundação Hergé monta uma exposição intitulada Tintin, 60 ans d’aventures para dar a volta ao mundo. Em 2009, é aberto ao público o Museu Hergé. "

Ler mais