Partilhar

José e os Seus Irmãos: as histórias de Jaacob - Vol. I

Thomas Mann

Em Stock


Desconto: 20%
15,92 € 19,90 €

Detalhes do Produto

Sinopse

Thomas Mann considerou esta monumental narrativa da história bíblica de José como a sua magnum opus. Concebeu-a em quatro partes – As Histórias de Jaacob, O Jovem José, José no Egito e José, o Provedor – como uma narrativa unificada, um «romance mitológico» da queda de José na escravidão e da sua ascensão a senhor do Egito.

Baseado num profundo estudo da História, e utilizando detalhes pródigos e convincentes, Mann evoca o mundo mítico dos patriarcas e dos faraós, as antigas civilizações do Egito, da Mesopotâmia e da Palestina – com as suas divindades e rituais religiosos –, e a força universal do amor humano em toda a sua beleza, desespero, absurdo e dor. O resultado é uma brilhante amálgama de ironia, humor, emoção, perceção psicológica e grandeza épica.

As Histórias de Jaacob, primeiro romance da tetralogia, foi publicado em 1933, o mesmo ano em que Mann se exilou da Alemanha devido à subida de Hitler ao poder. Nele, o autor reinterpreta as histórias de Jaacob – neto de Abrãao e pai de José – usando em cada episódio a sua prosa mais experimental, e conferindo à obra um tom sereno tingido de ironia.

Numa humanizadora abordagem às figuras mais lendárias da antiguidade, Mann dota Jaacob e José de todas as características e fraquezas dos homens, para oferecer uma emocionante resposta à crueldade do ser humano.

Ler mais

Autor

Thomas Mann

Thomas Mann nasceu em 1875, na cidade alemã de Lübeck. A sua carreira literária inicia-se de modo fulgurante em 1901, com a publicação de Os Buddenbrook. Seguiram-se-lhe obras como Tonio Kröger, A Morte em Veneza e A Montanha Mágica, entre outras, que lhe valeram a atribuição do Prémio Nobel em 1929. Em 1933, com a subida de Hitler ao poder, Mann muda-se primeiro para a Suíça e depois para os EUA, onde lecionou na Universidade de Princeton e se naturalizou americano. São desta época obras como a tetralogia José e os seus IrmãosLotte em Weimar e Doutor Fausto. Thomas Mann morreu em 1955, em Zurique.

Ler mais