Partilhar

Desconto: 75%
3,72 € 14,90 €

Detalhes do Produto

Sinopse

Estratípocles vai para a guerra e encomenda ao seu escravo Epídico a aquisição da amante, Acropolístis. Para conseguir tal objectivo, Epídico tem de recorrer a um expediente – porque o seu amo não lhe deixa nem meia moeda para a transacção. Convence então Perífanes, o pai do rapaz, a acolher em sua casa a jovem, dizendo-lhe que se trata da filha de um antigo amor dele... Entretanto, em Tebas, Estratípocles apaixona-se por uma cativa e endivida-se para a adquirir... Acropolístis já não lhe interessa. É esta a situação com que Epídico se defronta no próprio dia do regresso do jovem.

Começa assim esta deliciosa peça, de uma elegante e elaborada comicidade, que não recorre a processos de riso farsesco, antes assinala um momento de calculada sobriedade. O Epídico é uma comédia que o próprio Plauto – habituado a extrair do riso do público o sustento e a razão de ser da sua glória – amava tanto como a si mesmo.

Ler mais

Autor

Plauto

PLAUTO, o maior dos comediógrafos da antiga Roma, nasceu cerca de 254 a.C. em Sarsina e morreu em Roma em 184 a.C. O início da sua carreira literária terá começado em 224 a.C.. Desde aí, até falecer, escreveu inúmeras comédias, das quais no entanto só 20 chegaram até nós.

Ler mais