Vaz de Carvalho

Vaz de Carvalho (1921-2011) era um só e o mesmo em qualquer cenário. Rei sem trono, “príncipe”, identificou-se com o reino do Alvão. Comoveu-o a mísera condição dos homens que, por infortúnio ou ignorada ventura, o habitam. Em sua defesa, afrontou os Deuses com alegações destemidas e acutilantes: por que razão, por que direito, por que justiça se guiaram as divindades? No repasso, cantou, ao lado do seu povo, a intimidade com os grandes astros e os feitos das grandes batalhas passadas. Em momento algum é outro, que não este soberano. [Juiz Dr. Artur Oliveira]



  • Filtrar por:

Não encontrou o que procura ?

Utilize o nosso formulário de Pedido de Livros