Martin Hägglund

Martin Hägglund, nascido em 1976, é professor de Literatura Comparada e Humanidades na Universidade de Yale. É também membro da Society of Fellows da Universidade de Harvard, onde foi Junior Fellow (2009–2012). É autor de três livros muito aclamados e a sua obra foi traduzida para oito línguas. Publicou na Suécia, o seu país natal, o seu primeiro livro, Kronofobi (2002), aos 25 anos, tendo sido galardoado com o Prémio Shück da Academia Sueca. O seu primeiro livro em inglês, Radical Atheism (2008), foi tema de uma conferência na Universidade de Cornell, de um colóquio da Universidade de Oxford e de uma edição especial de 250 páginas da New Centennial Review, com o título Living On: Of Martin Hägglund. O seu livro Dying for Time: Proust, Woolf, Nabokov (2012) foi aclamado pela Los Angeles Review of Books como um feito «revolucionário». Em 2018, recebeu uma Bolsa Guggenheim.



  • Filtrar por: