Partilhar

Alberto Carneiro: Árvores, Flores e Frutos do meu Jardim

Alberto Carneiro

2 dias


Desconto: 10%
16,20 € 18,00 €

Detalhes do Produto

Sinopse

Editado por ocasião da exposição Alberto Carneiro: Árvores, flores e frutos do meu jardim (desenhos e esculturas ), com curadoria de Catarina Rosendo, na Fundação Carmona e Costa, em Lisboa, de 10 de Janeiro a 21 de Fevereiro de 2015.

Por uma espécie de efeito metonímico, os jardins de Carneiro contêm todas as suas paisagens imaginadas, e experimentar e vivenciar todos os fenómenos naturais que o ciclo das estações impõe ao seu jardim é penetrar o interior de todas as conotações antropológicas e pictóricas ligadas à ideia de paisagem e aos horizontes largos e infinitos que ela sempre sugere. Ao fixar em imagens as impressões obtidas pela apreensão das diversas intensidades do vento, do espectáculo de uma flor que emerge do bolbo, do restolho das folhas de Outono, ou do aroma dos frutos colhidos, Carneiro faz viajar a sua imaginação por dentro das suas qualidades mais íntimas, transportando-se para dentro delas através do desenho e justificando uma sua frase, de 2004: «Nestes desenhos estou eu no meu jardim.» [Catarina Rosendo]

Alberto Carneiro nasceu no Coronado, Portugal, em 1937. Entre os dez e os vinte e um anos de idade, aprendeu o ofício de santeiro nas oficinas de arte sacra da sua terra natal. Diplomado pela Escola Superior de Belas-Artes do Porto (1961-1967) e pós-graduado pela Saint Martin’s School of Art de Londres (1968-1970). Bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian: Porto (1962-1967) e Londres (1968-1970). Professor Associado, agregado pela Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto. Leccionou no curso de Escultura da ESBAP (1971-1976), no curso de Arquitectura da FAUP (1970-1999) e foi responsável pela orientação pedagógica e artística do Círculo de Artes Plásticas, Organismo Autónomo da Universidade de Coimbra (1972-1985). Dedicou-se ao estudo do Zen, do Tao, do Tantra e da Psicologia Profunda. Viajou pelo Oriente e pelo Ocidente para viver e interiorizar outras culturas. Expõe desde 1963. Realizou 93 exposições individuais e participou em mais de cem exposições colectivas em Portugal e no estrangeiro; está representado em museus e colecções públicas e privadas, em Portugal e no estrangeiro; realizou esculturas públicas em diversos países; recebeu numerosos prémios e publicou inúmeros textos e três livros, um em co-autoria, sobre Arte e sobre Pedagogia.

Ler mais

Autor

Alberto Carneiro

Ler mais