Partilhar

Desconto: 10%
13,41 € 14,90 €

Detalhes do Produto

Sinopse

Rita Ferro voltou a surpreender os leitores, mudando de voz e de horizonte e confirmando, uma vez mais, a sua notável elasticidade literária. Já não é a fantasia de O Vento e a Lua, o pranto orgulhoso de Uma Mulher Não chora ou a ironia crua de Os Filhos da Mãe; é a maturidade da Aurora que se desprende deste novo romance, onde o ritmo vertiginoso a que nos habituou quase se suspende para nos contar uma história de amor, intíma e obscura, narrada na primeira pessoa, no tom compassado e genuíno de uma confidência. Ou de uma inconfidência: de tanto procurar o amor no outro, Luísa deixa de amar; quando o encontra, enfim, não está preparada nem para o reconhecer, nem para o estimar. Uma oração ao amor.   Rita Ferro nasceu em Lisboa. Iniciou a sua carreira literária em 1990, arriscando um novo tipo de escrita feminina que, tendo obtido um enorme êxito e revolucionado o mercado literário português, conheceu inúmeros seguidores. Criou um estilo e, com ele, um novo género. Hoje, tendo já transcendido as questões femininas, ou não se esgotando nelas, distingue-se por uma técnica de narração mordaz e cativante, de grande versatilidade. Escreveu mais de vinte livros em vinte anos. Além de presença regular na imprensa e na televisão, é cronista na rádio, júri literária e de festivais de cinema, e desenvolveu dois cursos inéditos: «Incentivo à Criação» e «Começar a Escrever». Ao seu romance autobiográfico A Menina É Filha de Quem? (2011) foi atribuído o prémio PEN Clube Português de Narrativa. Os seus livros estão editados em Espanha, no Brasil e na Croácia.


Ler mais

Autor

Rita Ferro

Ler mais