Partilhar

Desconto: 10%
16,11 € 17,90 €

Detalhes do Produto

Sinopse

Esta é uma das grandes sátiras antiutópicas do século XX e é uma inspiração para muitos autores, de Orwell a Vonnegut.
O Homem descobre uma espécie de salamandra altamente inteligente e aprende a explorá-la, escravizando-a, mas algo corre mal…
Na sua ânsia para desenvolver ainda mais as capacidades das salamandras (a fim de as poder usar), o Homem vai dar-lhes todas as armas necessárias para que elas estejam em posição de desafiar o lugar do ser humano no topo da cadeia animal. A guerra está iminente… e a destruição do ser humano é uma realidade…
Ao longo da obra assistimos à satirização da ciência, do capitalismo, do fascismo, do jornalismo, do militarismo, e até de Hollywood, mas ainda assim o autor dá-nos uma ficção num tom humano e cómico, mais do que fantástico.

Ler mais

Autor

Karel Capek

Karel Capek (Malé Svatonovice, 9 de Janeiro de 1890 - Praga, 25 de Dezembro de 1938).
Em 1939, quando os nazis invadiram Praga, Karel Capek (1890-1938) foi um dos primeiros checos que quiseram deter. Acontece que este símbolo da liberdade e da luta contra as ideologias falecera um ano antes. Passou à posteridade como co-inventor da palavra «robô» (a par do seu irmão), na peça R.U.R. (1920), e como candidato ao Prémio Nobel, preterido pela Academia Sueca para não despertar a ira de Hitler. A sua carreira repartiu-se pela escrita jornalística e ensaística, pela dramaturgia e pelo romance, satirizando a ganância e o materialismo desenfreado a expensas da alma, o fanatismo e os slogans que acenam sedutoramente às massas. Numa época em que as democracias submergiam, soube alertar o homem para todo o tipo de manipulações, censurando totalitarismos que se proclamavam inquestionáveis.

Ler mais