Partilhar

Prado de Fundo / Fora de Campo / Folle Époque / Hotel Paraíso

Livrinhos de Teatro

SillySeason

Em Stock



Desconto: 20%
7,99 € 10,00 €

Detalhes do Produto

Sinopse

Prado de Fundo

Comprei uma moldura. E só depois tirei a fotografia. É uma questão de confiança. Pode confiar-se numa moldura, já numa fotografia. Partindo do universo d’O Cerejal, de Anton Tchekov, os Sillyseason procuraram explorar a fotografia e o seu poder representativo apaziguador que prova desesperadamente a veracidade dos eventos vividos. Mesmo aqueles que não aconteceram. 

Fora de Campo

Em cena, um set de filmagem aguarda a gravação do episódio piloto de uma série. Está muito calor! Ação, Casa e Corpo compõem o leque sensacionalista, com vista a captar, sofregamente, a atenção do espetador. Um guião que deriva da Casa de Bonecas de Ibsen, uma narrativa que se derrete, diluída entre o sonho e a ilusão coletiva. A personagem sabe que se não causar empatia, se não convencer, morre. O ator sabe que a estrutura estandardizada, onde se insere, o redefine e oprime. O espetador saberá que assiste a vários campos de ação sobrepostos, que tendem a manipulá-lo.

Fora de Campo recupera os mecanismos das séries televisivas mais comuns, para discursar sobre poder, arquitetura e emancipação. Afinal, a nossa história é feita de dramas muito familiares.

Folle Époque

Folle Époque celebra o centenário dos Loucos Anos 20 e propõe uma revisitação histórica à luz dos tempos em que vivemos, tempos de difícil caracterização e ambiguidade. Em cena convocam-se narrativas hipotéticas que remetem para os dois tempos, frente-a-frente.

Hotel Paraíso 

Este é apenas um lugar de reprogramação. Não se assuste.

Vamos desmistificar alguns códigos de personalidade: Qual é a sua primeira memória humana? Uma sensação identitária? É herdeiro de que instituição? Pode colocar aqui um dedo. Não dói nada. Confie em mim. É prazeroso... Mas há uma fila enorme atrás de si, não me faça perder tempo consigo. Europa? Desconheço esse laboratório, aqui utilizamos outro tipo de sonho. Agora pode entrar.





Ler mais

Autor

SillySeason

SillySeason é um coletivo de artistas (Cátia Tomé, Ivo Saraiva e Silva, e Ricardo Teixeira) que, desde 2012, se permite pensar o teatro e as artes performativas, numa busca por novos modelos de criação. Têm contribuído para a produção e o aprofundamento de novas dramaturgias, numa constante reflexão sobre o que é teatro, ou o que poderá ser. Promovem a construção de objetos que desafiem as suas próprias lógicas habituais a par de uma estrutura que especule o espetáculo multifacetado. O seu trabalho assenta sobretudo na noção de crise, desmistificando-a, e propondo-lhe novas dimensões de cariz social, político e histórico, entre outros, no sentido de ir solidificando um discurso cada vez mais urgente acerca de um futuro.

Ao longo do seu percurso, os SillySeason têm procurado um trabalho em colaboração e em rede, contactando com diversos artistas de diferentes áreas, com várias estruturas e instituições distintas.


Ler mais