Partilhar

Novaceno: O Advento da Era da Hiperinteligência

James Lovelock


Versão em Ebook

Instruções de funcionamento


Desconto: 10%
13,49 € 14,99 €

Detalhes do Produto

Sinopse

James Lovelock, criador da teoria de Gaia e o maior ambientalista do nosso tempo, produziu uma surpreendente nova teoria sobre o futuro da vida na Terra. Após 300 anos, a era do Antropoceno chegou ao fim, abrindo portas ao Novaceno. Nesta nova era, os sistemas de inteligência artificial já existentes irão criar novos seres com um poder cognitivo 10 000 superior ao nosso. Os seres humanos serão vistos como criaturas lentas e contemplativas. Mas nada disto tomará contornos de ficção científica, nem seremos violentamente dominados por criaturas superiores. Estas novas entidades serão tão dependentes do planeta como nós, e todos os seres (humanos e não humanos) desempenharão papéis cruciais para garantir a sobrevivência da Terra e da humanidade. Aos 100 anos, Lovelock dá provas da sua inesgotável vitalidade ao produzir a sua obra mais importante.

Ler mais

Autor

James Lovelock

James Lovelock (n. 1919) é um cientista, ambientalista, inventor e autor britânico. É sobretudo conhecido por ter postulado a Hipótese de Gaia, mais tarde confirmada como a Teoria de Gaia, segundo a qual a Terra funciona como um organismo que se autorregula. Autodidata inveterado, só tardiamente ingressou no ensino superior, tendo-se doutorado em Medicina em 1948. Desenhou inúmeros instrumentos científicos, muitos dos quais para NASA, como o famoso Detetor de Captura de Eletrões (1957). Membro da Royal Society desde 1974, tem colaborado com algumas das maiores universidades do mundo, sem nunca deixar de desenvolver as suas investigações de forma independente no seu laboratório particular. Presença constante nos meios de comunicação, é uma voz ativa na defesa do ambiente. Publicou centenas de artigos científicos e é autor de mais de uma dezena de livros. A New Scientist classificou-o como «uma das figuras mais influentes do movimento ambientalista», e Prospect nomeou-o como um dos cem intelectuais mais influentes do mundo.

Ler mais