Partilhar

Desconto: 10%
9,46 € 10,50 €

Detalhes do Produto

Sinopse

“ Num país em que a voz dos poetas tem sido tão importante para falar de tudo aquilo que somos, do mar, da distância, da memória e da vida, quem se diz poeta é como se assinasse um pacto com o destino e não pudesse ser outra coisa, ainda que escreva também peças de teatro, textos em prosa, ensaios ou livros de crianças. Trata-se mesmo de uma imensa responsabilidade, e acho que estive consciente dela desde que vi uma maçã ser beijada pela luz fresca do amanhecer, desde que guardei na lembrança o vociferar das ondas nos finais do verão na praia da Granja…”

Ler mais

Autor

José Jorge Letria

Ficcionista, mas também jornalista, poeta, dramaturgo. Nasceu em Cascais, em 1951, onde foi vereador da Cultura entre 1994 e 2002. Tem livros traduzidos em mais de uma dezena de idiomas e foi premiado em Portugal e no estrangeiro, destacando-se dois Grandes Prémios da APE, o Prémio Aula de Poesia de Barcelona, o Prémio Internacional UNESCO, o Prémio Eça de Queiroz – Município de Lisboa e o Prémio da Associação Paulista de Críticos de Arte. O essencial da sua obra poética encontra-se condensado nos dois volumes da antologia O Fantasma da Obra. Ao lado de nomes como José Afonso e Adriano Correia de Oliveira, foi um dos mais destacados cantores políticos portugueses, tendo sido agraciado, em 1997, com a Ordem da Liberdade. É mestre em Estudos da Paz e da Guerra nas Novas Relações Internacionais pela Universidade Autónoma de Lisboa e pós-graduado em Jornalismo Internacional.

Doutorou-se com distinção em Ciências da Comunicação no ISCTE, em Setembro de 2017. É presidente da Sociedade Portuguesa de Autores e do Comité Europeu de Sociedades de Autores da CISAC.

É coautor, com José Fanha, de várias antologias de poesia portuguesa.

Ler mais