Partilhar

Studia Iuridica 59 - Entre a Reescrita Pós-Moderna da Modernidade e o Tratamento Narrativo da Diferença ou a Prova como um Exercício de

Vários

Sujeito a confirmação por parte da editora

Desconto: 10%
28,56 € 31,73 €

Detalhes do Produto

Sinopse

CAPÍTULO PRIMEIRO

A DIFERENÇA COMO HETEROTOPIA, A MODERNIDADE COMO PERGUNTA, O JULGADOR-NARRADOR COMO «INTELECTUAL ESPECÍFICO»: OU OS «LUGARES» E AS LIÇÕES DE UMA GENEALOGIA DAS «FORMAS JURÍDICAS» DA VERDADE ( «PLANETA» FOUCAULT)

CAPÍTULO SEGUNDO

A DIFERENÇA COMO «DIFERENDO» E INTERDISCURSO, A PÓS-MODERNIDADE COMO PRÁTICA-POIESIS (CONSTITUTIVAMENTE) EXOTÉRICA DA PLURALIDADE, O DISCURSO DA COMPROVAÇÃO COMO «FERIMENTO ABERTO» DO JURÍDICO, O JULGADOR-NARRADOR COMO INVENTOR DE PALAVRAS ÚLTIMAS: OU AS CONTINUIDADES E AS RUPTURAS DE UMA REESCRITA PÓS-MODERNA DA MODERNIDADE (JURIDICAMENTE RELEVANTE)

CAPÍTULO TERCEIRO

A DIFERENÇA COMO CONTROVÉRSIA ENTRE NARRATIVAS E COMPORTAMENTOS NARRATIVOS RIVAIS OU AS EXIGÊNCIAS DE PROJECÇÃO REFERENCIAL E DE COMPOSIÇÃO FICCIONAL DO JUÍZO DE COMPROVAÇÃO: PARA ALÉM DAS LIÇÕES DA SEMIÓTICA NARRATIVA E DOS «LUGARES» DA REINVENÇÃO DO DIREITO «COMO LITERATURA»

Ler mais

Autor

Vários

Ler mais