Partilhar

Quando eu era Fotógrafo

Félix Nadar

Em Stock


Desconto: 20%
11,20 € 14,00 €

Detalhes do Produto

Sinopse

"O daguerreótipo dava então lugar à fotografia. Não sem antes ter tido o seu momento e glória nas mãos dos engenheiros Chevalier e Lerebours e ainda de Richebourg, o oculista, que nunca deixava de juntar à sua assinatura os .:. maçónicos: parece que, nessa época, era um título. Houve outros profissionais que souberam aproveitar igualmente bem a placa revestida a prata: o excelente Vaillat e o inefável Legros, esse homem exuberante com os seus roupões em brocado, galvanizaram os últimos dias felizes do Palais-Royal, de que a província não conseguia desprender-se e que acabou por desaparecer com eles. No entanto, o Rhône e a Saône ainda se extasiavam com as placas do bom Thierry de Lyon, e Randon, o caricaturista, também passou por elas.
Mas era o fim do daguerreótipo, com a chegada da fotografia; como se dizia na altura, ‘Isto matava Aquilo’."

Ler mais

Autor

Félix Nadar

Ler mais