Os Novos Descobrimentos - Do Império à CPLP: Ensaios sobre História, Política, Economia e Cultura Lusófonas

Os Novos Descobrimentos - Do Império à CPLP: Ensaios sobre História, Política, Economia e Cultura Lusófonas

Fora de Coleção

Octávio dos Santos, Luís Ferreira Lopes

Disponível para envio imediato

-20%

€14.13
€11.30

Detalhe do Produto

Editora: Almedina
Coleção: Fora de Coleção
Tema: História
Ano de Edição: 2006
ISBN: 9789724028668

Tipo de Capa: Brochada
Número de Páginas: 207

Sinopse

Prefácio

A Comunidade dos Países de Língua Portuguesa existia já muito antes de ter sido institucionalizada há 10 anos em Lisboa, em 1996.
A partilha da língua portuguesa, uma herança histórica e cultural, demonstrou ser um elo muito forte para aquilo que constitui hoje uma associação de oito países em quatro continentes. Por muito diversos que fossem e por mais longe que geograficamente se situassem, estes países sempre se sentiram como parte de uma comunidade cultural, mantendo ligações muito chegadas e cooperando em áreas de âmbito muito vasto.
Não obstante, a criação formal da CPLP significou mais um passo em frente. E, julgo que também, um passo pleno de êxito, uma vez que proporcionou um quadro dentro do qual as relações existentes se podiam reforçar e desenvolver. Olhando para trás, julgo que se pode afirmar hoje que a CPLP provou o seu valor, teve êxito nos objectivos que se colocou, isto é, enquanto plataforma para a concertação político-diplomática; na cooperação, seja económica, social, cultural, jurídica ou técnico-científíca; e na promoção da língua portuguesa. É certo que se poderia ter ido mais longe. Mas qualquer análise objectiva da evolução da CPLP deverá distinguir entre aquilo que são dificuldades da Comunidade e do seu processo de institucionalização e aprofundamento e as próprias insuficiências de Estados Membros que se confrontam ainda com os problemas derivados de conflitos anteriores de que saíram recentemente. E vale a pena notar que, mesmo perante situações de crise, a Comunidade não vacilou nem se pôs alguma vez em dúvida a vontade de os seus membros a integrarem e desenvolverem. Olhando em frente, podemos afirmar que a CPLP será ainda mais importante para fazer face, em conjunto, aos desafios de amanha.
A solidariedade é um elemento chave da comunidade e assume particular importância cada vez que um dos seus membros entra em crise. Aconteceu no passado e acontece ainda hoje. Creio que nessas alturas a solidariedade e todas as acções da comunidade na assistência a um dos seus membros se revelam contribuições importantes para resolver a crise, ao mesmo tempo que servem para unir mais o conjunto.
Este trabalho de Luís Ferreira Lopes e de Octávio dos Santos, levado a cabo com o interesse de analista, mas também com a paixão de alguém que não esconde o seu compromisso com os valores da lusofonia, constitui um contributo de relevo para o conhecimento da génese e da evolução desse notável projecto que é a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa.
Não posso deixar de acrescentar uma dimensão europeia a esta questão. Sempre tive um grande empenho na lusofonia e nas minhas anteriores funções estive também envolvido directamente na criação da CPLP, bem como na garantia de uma cooperação estreita entre os PALOP e a Comissão Europeia. Posso mudar de funções, mas não mudo as minhas convicções: reforçar e desenvolver a CPLP estará sempre perto do meu coração.

José Manuel Durão Barroso
Presidente da Comissão Europeia

Índice

Prefácio
Introdução: Descobrir os novos caminhos

Parte l
A construção de uma Comunidade

Parte II
Os Novos Descobrimentos
A fuga de Portugal
Celebrar a Lusofonia
Gritos de mar
Das palavras aos actos
Vozes pela lusofonia: propostas de estratégia para o «reencontro de culturas»

Parte III
Portugal hesita na «Lusaliança»
Brasil aposta forte em África
«Namorar» o gigante
Apostar ou morrer
Porquê investir em Angola?
Comunidade lusófona: para que te quero?
Onde está a «diplomacia económica»?
O Novo Império
1998 dos equívocos
Comunidade virtual?
Pôr os pontos nos «is»
A minha pálria é a língua portuguesa... processada por computador
A REDEScoberta do Brasil
Herdeiros de Camões: alguns factos e tendências recentes das culturas lusófonas.
Timor, daqui Portugal!

Ler Mais

Sugestões Relacionadas

Mais vendidos em História

Salvo indicação em contrário, os descontos e campanhas apresentados são válidos para o dia 23-09-2018.

Sede Almedina

Rua Fernandes Tomás, n. º 76-80
3000-164 Coimbra

239 436 266

Livraria Almedina Grupo Almedina Almedina Livrarias Almedina

Newsletter


Ao aceitar está a concordar com a utilização dos seus dados pessoais para receber, por email, comunicações como newsletters, notícias, campanhas especiais e divulgação de produtos e serviços organizados ou comercializados pelo Grupo Almedina, nos termos da nossa Política de Privacidade que declara ter consultado previamente.