Partilhar

Estou Muito nas Mãos de Deus - João Paulo II Os Apontamentos Pessoais 1962-2003

Karol Wojtyla

Sujeito a confirmação por parte da editora

Desconto: 20%
22,20 € 27,75 €

Detalhes do Produto

  • Editora: Planeta
  • Tema: Religião
  • Ano: 2014
  • ISBN: 9789896575472
  • Número de páginas: 608
  • Capa: Brochada

Sinopse

Os Apontamentos Pessoais são um registo de quarenta anos de uma jornada espiritual extraordinária. A partir da primeira afirmação decisiva «Estou muito nas mãos de Deus», até à reflexão de que «O tempo esta cumprido», e o último Deo gratias (Gracas a Deus), acompanhamos Karol Wojtyla - João Paulo II em momentos-chave da sua vida e ministério. Em dois cadernos modestos encontramos as suas questões pessoais mais importantes, as meditações e orações profundas e comoventes, que estabelecem o ritmo do dia-a-dia. Mas há também as entradas que são uma prova da preocupação com os próximos - amigos, colaboradores - e com a Igreja confiada a ele. Estes apontamentos, apesar de registarem os momentos particulares, vão mais além da vida de João Paulo II, transportando-nos para onde o humano e o divino se juntam numa dimensão da santidade..

O livro contém fotografias de João Paulo II e imagens com reproduções em fac-símile de seus cadernos.

Críticas de imprensa:

«Não queimei os apontamentos de João Paulo II, uma vez que constituem a chave para entender a sua espiritualidade, ou seja, o que é mais íntimo no homem: a sua relação com Deus, com os outros e consigo mesmo.»
Cardeal Stanislaw Dziwisz - Metropolita de Cracóvia «Tal pedido deixou o Santo Padre João Paulo II no seu testamento. Fielmente cumpri a vontade do Santo Padre depois da sua morte em 2005, doando todas as coisas que ele possuía, especialmente as lembranças pessoais. No entanto, não tive a coragem de queimar as cartas e cadernos com os apontamentos pessoais que ele deixou, pois contêm as informações importantes sobre a sua vida. Vi-os sobre a mesa do Santo Padre, mas nunca os folheei. Quando li o testamento, fiquei muito comovido pelo facto de que João Paulo II, a quem acompanhei durante cerca de quarenta anos, me ter também confiado os seus assuntos pessoais.

Não queimei os apontamentos de João Paulo II, uma vez constituírem a chave para entender a sua espiritualidade, ou seja, o que é mais íntimo no homem: a sua relação com Deus, com os outros e consigo mesmo. Estes apontamentos revelam o outro lado da pessoa que nós conhecíamos na qualidade de bispo de Cracóvia e Roma, o Pedro dos nossos tempos, o Pastor da Igreja universal. Os apontamentos reflectem a sua vida ainda nos tempos anteriores, nos anos em que recebeu a ordenação episcopal e obteve o bispado em Cracóvia. Permitem conhecer o relacionamento íntimo e pessoal da fé com Deus Criador, o Doador da vida, o Mestre e Professor. Demonstram, ao mesmo tempo, a fonte da sua espiritualidade.

Oxalá a leitura dos apontamentos espirituais de João Paulo II ajude todos a descobrir as profundezas espirituais do homem do século XXI, e leve a um amor ainda maior a Deus e às pessoas»
Cardeal Stanislaw Dziwisz - Metropolita de Cracóvia

Ler mais

Autor

Karol Wojtyla

Ler mais