Destaque


HOJE NA ALMEDINA
Lisboa
Almedina Atrium Saldanha, Lisboa

18h30
Apresentação
Espanha e Catalunha - Choque entre Nacionalismos
LIVROS
Arte
Ciências
Ciências Económicas
Ciências Sociais e Humanas
Direito
  Códigos Anotados
  Códigos de Bolso
  Códigos Universitários
  Direito Administrativo
  Direito Civil
  Direito Comercial
  Direito Constitucional
  Direito da União Europeia
  Direito do Trabalho
  Direito Financeiro e Tributário
  Direito Internacional
  Direito Penal
  Direito Processual
  Edições Digitais
  Registos e Notariado
  Revistas
  Teoria, Filosofia e História do Direito
  Teses de Doutoramento
Infantil
Jogos e Brinquedos
Literatura
Livros Práticos
Ir para...
EBOOKS
Ebooks em Português
  Arte
  Ciências
  Ciências Económicas
  Ciências Sociais e Humanas
  Direito
  Diversos
  Infantil e Juvenil
  Literatura
  Livros Práticos
Ebooks Internacionais
  Arte
  Ciências
  Ciências Económicas
  Ciências Sociais e Humanas
  Direito
  Diversos
  Infantil
  Literatura
  Livros Práticos
OS MAIS VENDIDOS
Direito Financeiro e Tributário
bestsellersA Arte da Tributação das Reorganizações Societárias
bestsellersCódigos Tributários - Edição Universitária
bestsellersCadernos IVA 2017
bestsellersDireito Fiscal
bestsellersIntrodução ao Imposto Sobre o Valor Acrescentado (N.º 1 da Colecção)
bestsellersA Demanda e a Defesa nas Execuções Cíveis e Fiscais
bestsellersA Incidência e os Critérios de Territorialidade do IVA
bestsellersA Revisão do Acto Tributário - Do Mea Culpa à Reposição da Legalidade
bestsellersAs Obrigações das Sociedades Comerciais em Sede de IRC
bestsellersCódigo de Procedimento e de Processo Tributário - Volume I - Anotado e Comentado
Direito
A Lei de Enquadramento Orçamental - Anotada e Comentada
Guilherme Waldemar D'Oliveira Martins, Guilherme d'Oliveira Martins, Maria d'Oliveira Martins

Editora:
Almedina
Coleção:
Legislação Anotada
Tema:
Direito Financeiro e Tributário
Ano:
2009
2.ª Edição

Livro de capa mole

ISBN 9789724040448 | 492 págs.
Disponibilidade: Sujeito a confirmação por parte da editora   Indica o prazo de envio do artigo. A este prazo acresce o tempo de entrega do transportador.


Recomende este livro a um amigo

* Portes gratuitos para encomendas superiores a 35€, excepto envios à cobrança e envios internacionais.

A Lei de Enquadramento Orçamental - Anotada e Comentada
promo


€33.32 | €26.65
Com envio gratuito *



SINOPSE

A Lei de Enquadramento Orçamental constitui a pedra angular do sistema de organização, apresentação, debate, aprovação, execução, fiscalização e controlo do Orçamento do Estado. Na ordem constitucional representa o quadro jurídico fundamental que preside à concretização do princípio do consentimento - elemento essencial do Estado de direito democrático. O primado da lei e a salvaguarda da legitimidade, da origem e do exercício aferem-se no modo como a representação cívica e política se materializa. A presente obra procede a um comentário da Lei de Enquadramento Orçamental bastante completo e actualizado, a partir da doutrina e da jurisprudência, de modo a auxiliar os estudantes, os parlamentares e os juristas na tarefa sempre aliciante da interpretação do direito constituído.

A Abrir…
A Lei de Enquadramento Orçamental (LEO) constitui uma peça chave para a organização, apresentação, debate, aprovação, execução, fiscalização e controlo do Orçamento de Estado. Na ordem constitucional representa o quadro jurídico fundamental que preside à concretização do princípio do consentimento - pedra angular do Estado de direito democrático. O primado da lei e a salvaguarda da legitimidade da origem e do exercício aferem-se no modo como a representação cívica e política se materializa.
A actual LEO resulta de um longo trabalho que culminou numa laboriosa negociação parlamentar que teve o seu termo no final da sessão legislativa de 2000-2001, mas que só pode ser compreendido a partir da iniciativa do Professor António de Sousa Franco que, enquanto Ministro das Finanças, desencadeou a criação de uma Comissão presidida pelo Dr. Jorge Costa Santos (despacho n.º 12087 97-XIII, de 10 de Março de 1997), a qual realizou um notável trabalho que não viria a ser aproveitado integralmente e que propôs uma alteração profunda de todo o regime de enquadramento orçamental. Procurando ver longe e largo, os autores da reflexão e das propostas para uma LEO propuseram-se estabelecer um verdadeiro código, capaz de preencher os vazios existentes na matéria, superando o carácter muito tímido, fragmentário e insuficiente das diferentes versões da LEO no âmbito da vigência da Constituição de 1976.
Infelizmente, porém, a ambição da proposta não teve a sequência desejada, ficando aquém do desejável. A nova lei, fundada na proposta, apesar da timidez, agravada pela inexistência à altura de uma maioria parlamentar coerente, representou, de qualquer modo, um avanço significativo em relação à anterior. A proposta da Comissão visava corresponder às tendências mais avançadas do direito comparado, no sentido da consolidação dos diferentes sectores e subsectores das Administrações Públicas, indo ao encontro dos compromissos europeus de acrescido rigor financeiro inerentes à disciplina orçamental e ao combate aos défices excessivos. Importa, porém, referir que a lei actual, carecendo ainda de muitos aperfeiçoamentos e completamentos, corresponde a um progresso assinalável - que poderá ser melhor realizado se, como tudo leva a crer, a Assembleia da República na sua reforma interna reforçar, na prática, a ligação entre o processo orçamental e a prestação de contas, efectivando a responsabilidade política e incrementando a articulação com o Tribunal de Contas, com valorização da Conta Geral do Estado e do respectivo parecer elaborado pelo órgão jurisdicional de julgamento de contas públicas. A recente reforma de 2006 do Tribunal de Contas insere-se, aliás, nesta preocupação.
Importa, contudo, não esquecer as propostas da Comissão nomeada pelo Professor Sousa Franco, que deverão estar presentes em futuras alterações da LEO, uma vez que o aperfeiçoamento do processo orçamental e a sua ligação à "acountability" e à aprovação das contas revela-se essencial para o cumprimento rigoroso do compromissos quanto à sustentabilidade das Finanças Públicas. Aliás, a criação de uma Unidade Técnica de Acompanhamento Orçamental na Assembleia da República constituiu um passo de alcance assinalável, em especial no tocante a uma corresponsabilização acrescida do Parlamento no respeito dos compromissos europeus assumidos no âmbito da União Económica e Monetária e na salvaguarda do princípio da equidade intergeracional.
A anotação à LEO agora dada à estampa procura uma leitura dinâmica e compreensiva do quadro jurídico vigente, correspondendo a um trabalho de vários anos e a um esforço de valorização prática e quotidiana do ensino do Direito Financeiro e das Finanças Públicas e de motivação dos estudantes e de todos quantos se dedicam ao estudo e à aplicação destas matérias - na senda do magistério académico do Professor Doutor António Luciano de Sousa Franco, figura referencial do pensamento jurídico-financeiro em Portugal, cuja memória aqui invocamos sentidamente.
Lisboa, Julho de 2007
Os Autores

Índice

A Lei de Enquadramento Orçamental

As Leis de Enquadramento Orçamental no ordenamento jurídico-financeiro português

Título I – Objecto, Âmbito e Valor da Lei
Título II – Princípios e regras orçamentais
Título III – Orçamento do Estado
Título IV – Contas
Título V – Estabilidade orçamental
Título VI – Disposições Finais

COMENTÁRIOS
Não existem actualmente comentários sobre este produto.
Escrever Comentário
Clientes que compraram este produto também compraram
Marcello Caetano - A Construção de uma doutrina portuguesa de Direito Público - Artigos doutrinais n'O DireitoMarcello Caetano - A Construção de uma doutrina portuguesa de Direito Público - Artigos doutrinais n'O Direito
Coordenador: Jorge Miranda
Editora: Almedina | Ano: 2012
Disponibilidade: Disponível para envio imediato
O Dever da Fundamentação Expressa de Actos AdministrativosO Dever da Fundamentação Expressa de Actos Administrativos
José Carlos Vieira de Andrade
Editora: Almedina | Ano: 2007
Disponibilidade: Sujeito a confirmação por parte da editora
Introducao Estudo Direito- Sumário das AulasIntroducao Estudo Direito- Sumário das Aulas
Luís, Sandra Lopes
Editora: AAFDL Editora | Ano: 2016
Disponibilidade: 5 dias
Finanças Públicas e Direito FinanceiroFinanças Públicas e Direito Financeiro
João Ricardo Catarino
Editora: Almedina | Ano: 2016
Disponibilidade: 2 dias
Lições de Direito das SucessõesLições de Direito das Sucessões
Diogo Leite de Campos, Mónica Martinez de Campos
Editora: Almedina | Ano: 2017
Disponibilidade: Disponível para envio imediato
Lições de Direito Das SucessõesLições de Direito Das Sucessões
Luís A. Carvalho Fernandes
Editora: Quid Juris | Ano: 2012
Disponibilidade: 2 dias
Salvo indicação em contrário, os descontos e campanhas apresentados são válidos para o dia 14-12-2017.
Joaquim Machado, SA | NIF: 500979197 | Rua Fernandes Tomás 76-80, 3000-167 Coimbra Portugal | Tel: +351 239 851 903 | Fax: +351 239 851 901
Livraria Online vendas@almedina.net | Tel: +351 239 436 266 | Fax: +351 239 436 267
Vendas Institucionais orcamentos@almedina.net | Tel: +351 239 436 268 | Fax: +351 239 436 267
Termos de utilização
logo