Destaque


LIVROS
Arte
Ciências
Ciências Económicas
Ciências Sociais e Humanas
Direito
  Códigos Anotados
  Códigos de Bolso
  Códigos Universitários
  Direito Administrativo
  Direito Civil
  Direito Comercial
  Direito Constitucional
  Direito da União Europeia
  Direito do Trabalho
  Direito Financeiro e Tributário
  Direito Internacional
  Direito Penal
  Direito Processual
  Edições Digitais
  Registos e Notariado
  Revistas
  Teoria, Filosofia e História do Direito
  Teses de Doutoramento
Infantil
Jogos e Brinquedos
Literatura
Livros Práticos
Ir para...
EBOOKS
Ebooks em Português
  Arte
  Ciências
  Ciências Económicas
  Ciências Sociais e Humanas
  Direito
  Diversos
  Infantil e Juvenil
  Literatura
  Livros Práticos
Ebooks Internacionais
  Arte
  Ciências
  Ciências Económicas
  Ciências Sociais e Humanas
  Direito
  Diversos
  Infantil
  Literatura
  Livros Práticos
OS MAIS VENDIDOS
Direito Constitucional
bestsellersConstituição da República Portuguesa - Edição Universitária
bestsellersO Direito à Imortalidade
bestsellersA Dignidade da Pessoa Humana na Justiça Constitucional
bestsellersConstituição Portuguesa Anotada Preâmbulo, Princípios Fundamentais, Direitos e D
bestsellersConstituição Portuguesa Anotada Vol. II
bestsellersDireito da Proteção de Dados Pessoais
bestsellersDireito de Asilo e Refugiados na Ordem Jurídica Portuguesa
bestsellersDireito Eleitoral
bestsellersManual de Direito Constitucional Vol. IV
bestsellersO Sistema Semipresidencial Português - Semipresidencialismo Volume II
Direito
O Direito à Imortalidade
Vera Lúcia Raposo

Editora:
Almedina
Coleção:
Teses de Doutoramento
Tema:
Direito Constitucional
Ano:
2014
Livro de capa dura

ISBN 9789724051949 | 1260 págs.
Disponibilidade: Disponível para envio imediato   Indica o prazo de envio do artigo. A este prazo acresce o tempo de entrega do transportador.


Recomende este livro a um amigo

* Portes gratuitos para encomendas superiores a 35€, excepto envios à cobrança e envios internacionais.

O Direito à Imortalidade
promo


€89.90 | €30.00
Com envio gratuito *



SINOPSE

A espécie humana reproduz-se desde que apareceu sobre a Terra. Ainda que rodeada de misteriosos segredos mágicos e religiosos, desde sempre a procriação foi considerada um fenómeno natural aos animais, incluindo o ser humano. Mas se a ancestralidade do fenómeno biológico é mais que milenar, já a sua análise crítica e a tentativa da sua superação se revelam um acontecimento recente, impulsionado pelos avanços da ciência em geral e da medicina em particular.
Hoje questionamo-nos se aquilo que sempre se desenrolou de certa forma – a reprodução – deve manter-se nos mesmos moldes ou se, pelo contrário, não deverá aproveitar as inúmeras possibilidades que a ciência e a técnica colocaram à nossa disposição e, caso assim seja, que possibilidades devem concretamente aceitar-se e quais serão de repudiar.
Esta problemática surge habitualmente discutida sob a designação jurídica de “direitos reprodutivos”. De modo que o nosso caminho começará precisamente pela fundamentação constitucional da existência desta controversa figura jurídica, nomeadamente discutindo se se trata efectivamente de um direito fundamental e, em caso afirmativo, de que natureza e com que base constitucional pode o mesmo ser invocado. A Declaração de Independência norte-americana encerra no seu texto uma afirmação singela, mas que no fundo exprime o objectivo que deve nortear a qualificação daquilo que poderia ser um mero desejo como direito: “the pursuit of happiness”. A pulsão reprodutiva é uma daquelas cuja realização nos torna mais felizes, mais realizados, mais completos, em suma, tudo aquilo que se espera que um direito fundamental nos aporte. O percurso constitucional para a fundamentação deste direito dará corpo aos capítulos I e II deste estudo.
Uma vez que o nosso foco será o exercício do direito à reprodução mediante PMA não nos escusamos a uma brevíssima análise sobre o “modus operandi” destas técnicas, sublinhando os problemas que cada uma delas coloca.
(…) não poderíamos terminar sem uma breve explicação acerca do título escolhido. É nosso entender que o motivo mais recôndito pelo qual queremos ter filhos, sejam ou não biológicos (isto é, sejam eles fruto de um direito reprodutivo ou de um direito a constituir família), prende-se com o intemporal desejo de deixar uma parte de nós no mundo após a morte do corpo físico5. Essa marca terrena pode consistir num código genético ou em determinada forma de viver e compreender a vida, resultante da orientação que, como pais, deixámos aos nossos filhos. Não são apenas as grandes obras literárias ou as maravilhas da arquitectura que perpetuaram a memória daquilo que fomos, mas também a nossa prole. Ter filhos é, no fundo, a concretização possível do desejo impossível de ser imortal.

COMENTÁRIOS
Não existem actualmente comentários sobre este produto.
Escrever Comentário
Clientes que compraram este produto também compraram
Processo de Insolvência - Anotado e ComentadoProcesso de Insolvência - Anotado e Comentado
Luís M. Martins
Editora: Almedina | Ano: 2016
Disponibilidade: Disponível para envio imediato
O Apoio JudiciárioO Apoio Judiciário
Salvador da Costa
Editora: Almedina | Ano: 2013
Disponibilidade: Disponível para envio imediato
Contrato de Direito de Autor - A Autonomia Contratual na Formação do Direito de AutorContrato de Direito de Autor - A Autonomia Contratual na Formação do Direito de Autor
Alberto de Sá e Mello
Editora: Almedina | Ano: 2008
Disponibilidade: Disponível para envio imediato
Homoparentalidades: Perspetivas PsicológicasHomoparentalidades: Perspetivas Psicológicas
Jorge Gato
Editora: Almedina | Ano: 2014
Disponibilidade: Disponível para envio imediato
Contratos AtípicosContratos Atípicos
Pedro Pais de Vasconcelos
Editora: Almedina | Ano: 2009
Disponibilidade: Disponível para envio imediato
Cláusula Penal e IndemnizaçãoCláusula Penal e Indemnização
António Pinto Monteiro
Editora: Almedina | Ano: 1999
Disponibilidade: 2 dias
Salvo indicação em contrário, os descontos e campanhas apresentados são válidos para o dia 16-07-2018.
Joaquim Machado, SA | NIF: 500979197 | Rua Fernandes Tomás 76-80, 3000-167 Coimbra Portugal | Tel: +351 239 851 903 | Fax: +351 239 851 901
Livraria Online vendas@almedina.net | Tel: +351 239 436 266 | Fax: +351 239 436 267
Vendas Institucionais orcamentos@almedina.net | Tel: +351 239 436 268 | Fax: +351 239 436 267
Termos de utilização
logo